Este é o mais novo espaço de nosso Arraial, buscando sempre semear novos conhecimento e esclarecimentos na divulgação da Doutrina dos Espíritos...

25 de ago de 2012

QUERO DESENVOLVER MEDIUNIDADE !!!


Para quê desenvolver mediunidade?
Por que desenvolver mediunidade?
Como desenvolver mediunidade?

É o que mais se ouve nos Centros Espíritas... “ quero desenvolver  a mediunidade...”
E aqui segue a pergunta: “ Para quê ??? Por quê??? Como???”
Muitos se perdem com as respostas...
E novamente se ouve: “...mas é difícil controlar as sensações, as percepções, o envolvimento...” e assim vemos a mediunidade, sagrado instrumento de auxílio ao próximo, se transformar em algo que desequilibra, faz mal, assusta, atemoriza...
Será que foi para isto que Deus nos concedeu a possibilidade de entrarmos em comunicação com os Espíritos através dos médiuns, os intermediários?
Se entendermos que Deus é Justo e Bom, não pode errar em nada... onde  está o engano então?
O engano está em querer desenvolver algo que não se domina, é preciso entender, estudar...lembrar da famoso frase: ” conhece  a verdade e ela te libertará”.
A mediunidade é uma faculdade que nos foi confiada para dela fazermos bom uso.
Como fazer bom uso sem conhecer, estudar?
O médium tem que se preparar, tem que ter educação mediúnica, por que a faculdade é dele e deve ter total domínio da mesma e nunca ser dominado por ela.
Disciplina, estudo e amor são as palavras chave neste assunto!
Não devemos nos ater aos fenômenos mediúnicos e nem a qual tipo de mediunidade vamos desenvolver, mas sim, como vamos desenvolver e para qual finalidade.

“O bom médium, pois, não é aquele que comunica facilmente, mas aquele que é simpático aos bons Espíritos e somente deles têm assistência. Unicamente neste sentido é que a excelência das  qualidades morais se torna onipotente sobre a mediunidade”.
( O  Evangelho Segundo o Espiritismo – Allan Kardec)


“O desenvolvimento da mediunidade guarda relação com o desenvolvimento moral dos médiuns?”
 --- "Não a faculdade propriamente dita se radica no organismo; independe do moral. O mesmo, porém, não se dá com o seu uso, que pode ser bom ou mau, conforme as qualidades do médium."
 (O Livro dos Médiuns– Allan Kardec )

Pensando nisso, antes de nos preocuparmos  tanto em desenvolver mediunidade, foquemos mais esforços em nossa reforma íntima, para termos sintonia com os Bons Espíritos e assim praticarmos a Mediunidade com Jesus!


Muita luzzzzzzzz


Luciane Ruis

6 comentários:

  1. Anônimo08:50

    Bom-dia querida Luciane,

    achei ótimo o seu texto!! Eu fico chateada com muitas pessoas que procuram os centros espíritas, procurando desenvolver a mediunidade, querendo a todo custo ser um médium ostensivo. Como se para crer, precisasse "ver". Também muitas pessoas que tiveram um sonho, uma premonição, se auto intitulam "médium" e já querem entrar na casa para trabalhar...É difícil explicar e conscientizar. Uma pessoa de minhas relações, realmente médium ostensiva, que trabalha na Seara de Jesus a 60 anos, sempre me diz que até hoje mantém-se em vigilância total, para não confundir comunicação espiritual com animismo. Daí, eu me questiono: alguém que há 60 anos trabalha com isso, que estuda continuamente, e procura sempre ter certeza do que faz, pode ser comparado a alguém que teve uma intuição? E digo mais: ninguém chega no centro procurando instrução. Procuram manifestações......Quando dizemos: tem que estudar, porque só estudando e se reformando intimamente, as manifestações vão se equilibrar, a pessoa não acredita. Já quer para um trabalho mediúnico. Graças a Deus procurei um centro para aprender. O resto......se estiver em meu caminho vai acontecer naturalmente. abraços, Joely

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida Joely!
      É verdade, há muita confusão nesta questão de desenvolvimento da mediunidade. Muitas vezes, acham que é uma "f, só chegar no Centro e "receber" os Espíritos. E quanto o médium deve fazer para ser um bom instrumento...
      Participe sempre querida!
      Muita luzzzzzzzzz

      Excluir
  2. Boa tarde, mediunidade é um dom, porém a nossa melhora como ser humano é bem melhor, independente de se desenvolver ou não a mediunidade, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mediunidade é uma faculdade orgânica, todos nós temos, em graus diferentes. E para usá-la bem, é isso mesmo, nos tornamos melhores a cada dia.
      Reforma íntima já...rssss
      Participe sempre !
      Muita luzzzzzzzzz

      Excluir
  3. Percival16:22

    Oi Luciane, obrigado pelo convite.
    O assunto vem a calhar, pois andei na dúvida se faço ou não o curso de desenvolvimento mediúnico no ano que vem. Mas minhas dúvidas não eram as citadas acima e sim se posso? saberei usar? Não é melhor me preparar mais? Mas na terça feira um expositor falou que vivemos pensando que ainda não é o momento e qd menos esperamos não teremos mais a oportunidade. O argumento dele é uma coisa tão básica mas foi ótimo ouvir e juntando com o que vc escreveu, que "se Deus deu é pq temos condições", caso contrário ainda estaríamos em mundo mais inferiores né?
    Bjs de Luz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Perci querido!
      Lembremos do famoso: " quando o trabalhador está pronto, o trabalho aparece"... estar "pronto" é estar disposto, com boa vontade, com fé.
      Faça sua parte e vai dar tudo certo!!!
      Muita luzzzzzzz

      Excluir

O objetivo do blog é apresentar a mediunidade à luz da Doutrina Espírita.
Estabelecemos a gentileza e a cortesia como norma de tratamento entre todos, sempre respeitando a opinião do próximo, para que estejamos sempre em um padrão vibratório positivo, que atrairá a proteção dos Benfeitores Espirituais para nosso trabalho.