Este é o mais novo espaço de nosso Arraial, buscando sempre semear novos conhecimento e esclarecimentos na divulgação da Doutrina dos Espíritos...

22 de jul de 2012

MISTIFICAÇÃO MEDIÚNICA

O médium mistificado é charlatão?
Charlatanismo é fraude?
Animismo é mistificação?


Mistificar quer dizer: enganar , trapacear, burlar, tapear, iludir, iniciar alguém nos mistérios de um culto, torná-lo iniciado, abusar da boa fé.
A palavra deriva do grego “misthés”, procedendo de “misthérion”, ou seja, mistério.
A mistificação nada tem a ver com animismo. É um grande engano  confundir mistificação com animismo. Já foi exposto em outro artigo sobre o animismo e recomendamos sua leitura como informação complementar a este assunto.
A mistificação é um revés da mediunidade, pois as comunicações mediúnicas vem de um Espírito  que falseia sua identidade. Em geral, tenta elevar sua envergadura espiritual, mascarando-se com nomes ilustres.
No caso da mistificação não há má fé do médium, ele está enganado e repassa isso, mas ele acredita que está passando a "verdade", não está imbuído da intenção de enganar.
No caso do charlatanismo ou fraude há má fé por parte do médium, pois este tem consciência que não está sendo amparado por Espíritos e às vezes por Espíritos de pouca envergadura moral  e falseia, simula as respostas, de acordo com o que o consulente gostaria de ouvir. É diferente do médium mistificado, que acredita naquela mensagem a repassa sem má intenção, está repassando sua ilusão que acredita ser real e verdadeira.
Uma mensagem não é tola somente porque emerge do inconsciente do médium, nem é boa e autêntica porque parte de um Espírito. Todas as mensagens devem ser analisadas pelo crivo da razão, da fé raciocinada.
O médium é mistificado quando dá vazão a sentimentos de amor próprio, vaidade, orgulho , preguiça, excesso de auto-confiança, falta de humildade, prudência e vigilância.
Os Espíritos mistificadores não se preocupam com a verdade, falam de tudo. Exemplos disto são as comunicações sobre heranças, revelações de tesouros ocultos, previsões com épocas determinadas, entre outras.
A mistificação ensina ao médium uma lição de humildade e vigilância e este nunca é abandonado pelos Mentores Espirituais que permitem tal lição para seu aprendizado e amadurecimento, desde que o próprio médium atraiu essa categoria de Espíritos por seus pensamentos, principalmente pelo excesso de vaidade.
Para evitar as mistificações, o médium deve sempre vigiar e orar e nunca se esquecer do objetivo primordial da Doutrina Espírita, que é o aperfeiçoamento moral da humanidade. Se o médium receber com reserva e desconfiança tudo que se afasta do objetivo essencial do Espiritismo, os espíritos levianos não o enganariam tão facilmente.
Jesus já nos alertou sobre os Falsos Cristos e Falsos profetas (cap. XXI do O Evangelho Segundo o Espiritismo).
Vamos encontrar, também, em João, Epistola I, cap. IV: 1: "Caríssimos, não acrediteis em todos os Espíritos, mas provai se os Espíritos são de Deus, porque são muitos os falsos profetas que se levantarão no Mundo".
Para exemplificar melhor as mensagens que vem de Espíritos mistificadores sugerimos a leitura das “comunicações apócrifas” ( obras sem autenticidade) no Capítulo XXXI do Livro dos Médiuns – “Dissertações Espíritas”.

Muita luzzzzzzzzzzzzzz

Luciane Ruis

4 comentários:

  1. Anônimo06:48

    Parabéns pela matéria. O médium deve, acima de tudo, educar sua mediunidade para que ele possa ser o senhor da comunicação, ou seja, ele possa ter o controle e disciplina daquilo que está sendo passado como mensagem. Ele deve analisar sempre o conteúdo e usá-lo para ajudar as pessoas e também aos Espíritos comunicantes. Com educação isso fica mais fácil, pois temos maior condição de discernimento e podemos ajudar a quem quer, muitas vezes, passar uma mensagem corrompida ou sermos instrumento para aqueles que devem receber mensagem alentadora e elucidativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos o gentil comentário e o apoio.
      Realmente o médium tem uma missão muito especial e para isso precisa de todo preparo citado, estudo, disciplina e amor.
      Participe sempre!
      Ajude-nos a divulgar o trabalho.
      Muita paz!

      Excluir
  2. Juliana souza Tellini09:17

    Achei esclarecedor,muito obrigado Arrail

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficamos muito satisfeitos que tenha apreciado a matéria, irmã querida.
      Agradecemos o comentário e o apoio.
      Participe sempre!
      Ajude-nos a divulgar o trabalho.
      Muita paz!

      Excluir

O objetivo do blog é apresentar a mediunidade à luz da Doutrina Espírita.
Estabelecemos a gentileza e a cortesia como norma de tratamento entre todos, sempre respeitando a opinião do próximo, para que estejamos sempre em um padrão vibratório positivo, que atrairá a proteção dos Benfeitores Espirituais para nosso trabalho.