Este é o mais novo espaço de nosso Arraial, buscando sempre semear novos conhecimento e esclarecimentos na divulgação da Doutrina dos Espíritos...

8 de ago de 2012

SINTONIA MEDIÚNICA

Como estabelecemos a sintonia com os Espíritos?
O que é considerado nesta ligação?
Por que é importante na prática mediúnica?
  
Vejamos as palavras do Instrutor Albério, no livro “ Nos  Domínios da Mediunidade” - ditado pelo Espírito André Luiz - psicografado por Francisco Cândido Xavier
  
“―Em mediunidade, portanto, não podemos olvidar o problema da sintonia.
Atraímos os Espíritos que se afinam conosco, tanto quanto somos por eles atraídos; e se é verdade que cada um de nós somente pode dar conforme o que tem, é indiscutível que cada um recebe de acordo com aquilo que dá. Achando-se a mente na base de todas as manifestações mediúnicas, quaisquer que sejam os característicos em que se expressem, é imprescindível enriquecer o pensamento, incorporando-lhe os tesouros morais e culturais, os únicos que nos possibilitam fixar a luz que jorra para nós, das Esferas Mais Altas, através dos gênios da sabedoria e do amor que supervisionam nossas experiências. Procederam acertadamente aqueles que compararam nosso mundo mental a um espelho. Refletimos as imagens que nos cercam e arremessamos na direção dos outros as imagens que criamos. E, como não podemos fugir ao imperativo da atração, somente retrataremos a claridade e a beleza, se instalarmos a beleza e a claridade no espelho de nossa vida íntima. Os reflexos mentais, segundo a sua natureza, favorecem-nos a estagnação ou nos impulsionam a jornada para a frente, porque cada criatura humana vive no céu ou no inferno que edificou para si mesma, nas reentrâncias do coração e da consciência, independentemente do corpo físico, porque, observando a vida em sua essência de eternidade gloriosa, a morte vale apenas como transição entre dois tipos da mesma experiência, no hoje imperecível.
―Vemos a mediunidade em todos os tempos e em todos os lugares da massa humana. Missões santificantes e guerras destruidoras, tarefas nobres e obsessões pérfidas, guardam origem nos reflexos da mente individual ou coletiva, combinados  com as forças sublimadas ou degradantes dos pensamentos de que se nutrem.
―Saibamos, assim, cultivar a educação, aprimorando-nos cada dia. Médiuns  somos todos nós, nas linhas de atividade em que nos situamos. A força psíquica, nesse ou naquele teor de expressão, é peculiar a todos os seres, mas não existe aperfeiçoamento mediúnico sem acrisolamento da individualidade. É contraproducente intensificar a movimentação da energia sem disciplinar-lhe os impulsos. É PERIGOSO POSSUIR SEM SABER USAR. O espelho sepultado na lama não reflete o esplendor do Sol. O lago agitado não retrata a imagem da estrela que jaz no infinito. Elevemos nosso padrão de conhecimento pelo estudo bem conduzido e apuremos a qualidade de nossa emoção pelo exercício constante das virtudes superiores, se nos propomos recolher a mensagem das Grandes Almas. Mediunidade não basta só por si. É imprescindível saber que tipo de onda mental assimilamos, para conhecer da qualidade de nosso trabalho e ajuizar de nossa direção.”
  
Maravilhosa orientação nos transmite o Instrutor Albério sobre a sintonia.
Muito ouvimos sobre desenvolvimento de mediunidade, como se fosse algo banal, divertido ou apenas por vaidade ou curiosidade. Mas, mediunidade é faculdade para exercício do amor em favor do próximo. É uma oportunidade de atuar na Seara de Jesus, como seu discípulo . Para isso, a questão da sintonia é fundamental.
Adianta se colocar em boa sintonia somente no dia do trabalho mediúnico?
Ler o Evangelho, controlar a alimentação, manter bom pensamento, não fumar e não ingerir outros químicos, ser mais paciente e calmo, elevar o pensamento a Jesus... enfim, buscar uma ligação com os Bons Espíritos através do bom procedimento cristão-espírita, mas somente no dia do trabalho mediúnico?
E nos dias anteriores ou nos seguintes, como  o médium procede?
Da mesma forma?
A sintonia é um processo contínuo, é preciso alimentá-la com bons atos e bons pensamentos constantemente e não só no dia do trabalho mediúnico. Neste dia, devemos reforçar ainda mais o nosso preparo espiritual, mas precisamos entender que reforma íntima é diária. Exige mudança de hábitos...
Vamos refletir:
Que tipo de Espírito nos acompanha quando estamos vendo um filme sanguinário e de extrema violência ou assistindo ou lendo noticiário de crimes e violência?
Que tipo de Espírito nos acompanha em orgias sexuais?
Ou quando  estamos fumando, nos drogando, embriagando?
E quando estamos sendo maledicentes, falsos, egoístas?
Somos observados pelos Espíritos constantemente, em tudo que fazemos estamos atraindo aqueles que se afinam com nossos pensamentos e atitudes. É muito importante ter este conhecimento, para avaliarmos melhor as nossas escolhas.
Optar por lazer mais saudável; filmes mais leves e alegres no lugar da violência; alimentação equilibrada; eliminar os químicos ( tabaco, álcool e outras drogas); ter hábitos sexuais equilibrados ; ler livros mais instrutivos ao invés de ficar lendo  e assistindo as notícias de criminalidade para ficar com medo até de sair na porta de casa; ler o Evangelho diariamente e ter o hábito de orar constantemente; fazer o Evangelho no Lar; ser menos materialista;  respeitar as opiniões diferentes sem conflitos; estudar a mediunidade; dedicar mais tempo as questões espirituais...enfim...buscar ser uma pessoa melhor, porque o bom médium  espírita é sinônimo de um bom espírita.
Perfeição?
Não, estamos muito longe disto, porém boa vontade, persistência no bem e dedicação já nos ajudarão muito nesta melhoria íntima e consequentemente na sintonia com os Bons Espíritos.
A reforma íntima é gradativa, cada um no seu ritmo, sem sofrimento. 
Tem que partir de nosso coração, não pode ser uma imposição.
Não é impossível, vamos fazer a nossa parte bem feita, usando de disciplina, estudo e acima de tudo, muito amor !
  
Muita luzzzzzz
  
Luciane Ruis

2 comentários:

  1. Anônimo10:38

    A mediunidade e um instrumento vibrátil, concedido por Deus, e cada criatura consciente pode sintoniza-lo com o objetivo que procura com muita disciplina amor e caridade.Cada pessoa é um instrumento vivo dessa ou daquela realização de acordo com o tipo de luta que se subordina."ACHARÁS O QUE BUSCAIS" ensina o evangelho. Paz e Luz christianne Araujo

    ResponderExcluir
  2. Muito sábio o comentário irmã querida.
    Agradecemos a sua participação.
    Deus contigo sempre.

    ResponderExcluir

O objetivo do blog é apresentar a mediunidade à luz da Doutrina Espírita.
Estabelecemos a gentileza e a cortesia como norma de tratamento entre todos, sempre respeitando a opinião do próximo, para que estejamos sempre em um padrão vibratório positivo, que atrairá a proteção dos Benfeitores Espirituais para nosso trabalho.